Queridos amigos, um grande olá!

Semana passada o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), decidiu fechar mais uma vez o comércio de rua da cidade, devido aos avanços da Covid-19.

A medida que deveria permanecer em vigor por uma semana, foi estendida até o dia 5 de julho. Portanto, teremos mais uma semana de comércio fechado na nossa cidade. Confira todos os detalhes da decisão aqui no blog:

O que fecha?

Como já havia sido estipulado anteriormente, o comércio de rua e os shoppings de Campinas deverão permanecer fechados, desta vez até 5 de julho. Da mesma forma, as cirurgias eletivas na rede privada também estarão suspensas até julho.

Segundo o anúncio feito hoje, em live, o prefeito Jonas Donizette decidiu estender a decisão em função do amento no número de casos de infecção pelo novo coronavírus. Fora os casos, também aumentou o número de mortes, e a taxa de ocupação de UTI para atendimento de pacientes graves da Covid-19.

O decreto oficial será publicado no Diário Oficial, e determinará, ainda, o fechamento das bancas dos camelôs na região central. Esse setor continuava funcionando, apesar da proibição de abertura do comércio de rua.

Drive thru

Outro pedido de fechamento havia sido feito pela Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic) para que o serviço de drive thru fosse suspenso na região central. Isso porque a movimentação de pessoas continua intensa nessa área da cidade, mesmo com o fechamento do comércio. A preocupação era que a permanência desse fluxo pudesse atrapalhar na retomada das atividades.

Entretanto, a secretária de Desenvolvimento Econômico, Alexandra Caprioli, informou que a Prefeitura está ciente do problema, mas que a suspensão de serviços drive thru não poderia ser feita. A decisão foi pensada visando a manutenção desse serviço, como única forma que o setor tem para sobreviver durante a pandemia.

Covid-19 em Campinas

Campinas já conta com 6.710 casos do novo coronavírus, sendo que outras 10,3 mil pessoas fizerem o teste, dando resultado negativo para a doença. Desses 6.710 doentes, a grande maioria, 5.067 de pacientes se recuperaram, e 271 morreram. Além disso, há 1.047 pessoas acompanhadas pela Vigilância Epidemiológica em isolamento domiciliar e 327 estão internadas em hospitais.

Há, ainda, 554 casos suspeitos em investigação, além de 28 pacientes que morreram cujos exames também esperam por confirmação para coronavírus.

Conclusão

Para que o comércio volte a funcionar definitivamente é preciso que a população tenha consciência, e mantenha-se aplicando todas as medidas de contenção do vírus. Por isso é importante continuar se precavendo, meus amigos.

Me acompanhe pelas redes sociais para continuar recebendo mais informações sobre Campinas e região. Estou no Facebook e Instagram.

Um forte abraço e até logo!