Olá, prezados amigos!

Campinas passou para a Fase Amarela, do Plano São Paulo, neste fim de semana. Com isso restaurantes, academias e salões de beleza poderão reabrir e voltar a receber clientes. Após duas semanas na fase laranja, com o índice das taxas de ocupação das UTIs abaixo de 80%, pudemos avançar na reabertura do comércio.

O anúncio foi feito pelo prefeito Jonas Donizette, na manhã da sexta-feira passada, e começou a valer já no sábado, dia 8 de agosto. Por isso, meu amigo, se você ainda não sabe o que mudou com essa decisão, confira abaixo.

Reabertura consciente

A Prefeitura de Campinas reiterou que a reabertura de todos os setores autorizados a funcionar deve seguir as medidas sanitárias de combate à disseminação do coronavírus. É imprescindível evitar aglomeração e fluxo intenso de pessoas, garantir o uso de álcool gel e uso de máscaras em todos os lugares, além de manter o distanciamento social.

 “Ter passado para a Fase Amarela é uma grande notícia, mas a recomendação de cuidados continua. É muito importante a responsabilidade compartilhada. Se não houver parceria entre sociedade e poder público, não funcionará. Não podemos correr o risco de perder o que foi conquistado até agora”, disse o secretário municipal de Saúde, Carmino de Souza.

Outra questão é sobre a Declaração de Estabelecimento Responsável. Os estabelecimentos que ainda não haviam reaberto, agora devem ir atrás de emitir a Declaração e anexar em local visível do estabelecimento. Clique aqui e confira no meu post sobre o assunto como ter a sua Declaração de Estabelecimento Responsável.

O que mudou?

Com a reclassificação para a fase amarela, Campinas agora tem permissão para o funcionamento de bares, restaurantes, academias, salões de beleza e barbearias. Além disso, o comércio também teve o horário e a capacidade de atendimento ampliados para seis horas diárias e 40% de ocupação.

Já os shoppings, também passam a funcionar por seis horas e foram divididos em dois grupos de horários. Enquanto os estabelecimentos como bares, restaurantes, padarias e pizzarias poderão voltar a receber o público, mas com capacidade de 40% e funcionamento por seis horas diárias, no horário que deve ser escolhido por eles, entre o período das 6h às 17h.

Enquanto isso, eventos culturais e de lazer permanecem podendo funcionar apenas no sistema de drive-in. Veja as especificidades:

Comércio de rua

Na nova fase, o comércio e os serviços de rua, inclusive galerias, passam a funcionar seis horas por dia, ao invés de quatro. O horário é das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 15h, aos fins de semana e feriados. Ademais, a capacidade de atendimento passou de 20% para 40%.

Shoppings

Os shoppings também passaram a funcionar por seis horas por dia. Os horários de funcionamento ficaram a critério de cada shopping. A capacidade passa a ser 40% para todos e os valets poderão funcionar. Mas, cinema e teatro ainda não estão autorizados a reabrir.

Veja em qual horário abre cada shopping da cidade:

Segunda a sábado – das 12h às 18h

  • Shopping Iguatemi
  • Galleria Shopping
  • Shopping Spazio Ouro Verde
  • Shopping Jaraguá
  • Shopping Unimart
  • Shopping Parque Prado Boulevard

 

Segunda a sábado – das 15 às 21h

  • Parque das Bandeiras
  • Campinas Shopping
  • Parque Dom Pedro Shopping

 

Domingos e feriados – todos das 12h às 18h

  • Shopping Iguatemi
  • Galleria Shopping
  • Shopping Spazio Ouro Verde
  • Shopping Jaraguá
  • Parque das Bandeiras
  • Campinas Shopping
  • Parque Dom Pedro Shopping
  • Shopping Unimart
  • Shopping Parque Prado Boulevard

Praças de alimentação dos shoppings

Agora, é permitido o funcionamento das praças de alimentação, que estão instaladas ao ar livre ou em áreas arejadas. Elas podem abrir no mesmo horário do shopping, também com capacidade de 40%.

Bares e restaurantes

Podem abrir por seis horas diárias com atendimento presencial e consumo no local, para atendimento sentado, em locais ao ar livre ou em áreas arejadas. O horário, corrido ou fracionado, pode ser definido entre as 6h e 17h, dependendo o estabelecimento.

Mas, em casos de estabelecimentos que ficam dentro de shoppings ou galerias, eles podem obedecer ao horário do funcionamento dos estabelecimentos comerciais. A capacidade é a mesma dos outros: 40%.

Salões de beleza e barbearias

Esse tipo de serviço pode abrir seis horas diárias. Eles podem definir o horário de atendimento, desde que sem ambiente de espera ou filas e com a adoção dos protocolos sanitários necessários. Os que estiverem dentro dos shoppings e galerias devem obedecer aos horários de funcionamentos desses estabelecimentos, com capacidade de 40%.

Academias

É permitido às academias abrir por seis horas diárias, com capacidade de 30%. O agendamento é obrigatório e as atividades ou práticas esportivas individuais devem seguir as medidas sanitárias. Não pode ter atividades em grupos. Fora isto, é recomendado que menores de 14 e de maiores de 60 anos e pessoas com comorbidades não participem.

 

Escritórios

Agora podem funcionar seis horas diárias, com capacidade de 40% e atendimento sem fila.

Cursos

Também podem funcionar seis horas diárias, priorizando a modalidade online, com capacidade de 40%. Ademais, é recomendado que menores de 14 e de maiores de 60 anos e pessoas com comorbidades não participem.

 

Igrejas e templos

Podem abrir por seis horas diárias, com horário a escolher, e capacidade igualmente de 40%. Os maiores de 60 anos podem frequentar, mas a recomendação é de que ainda não o façam.

Parques públicos e clubes sociais

A reabertura desses estabelecimentos ficou autorizada exclusivamente para atividades individuais, enquanto continua proibida a realização de esportes coletivos amadores. Permanecem fechados os acessos aos locais de atividades coletivas, às áreas de lazer infantil e às piscinas e ambientes fechados.

Mas é importante lembrar que para os parques públicos municipais, como Lagoa do Taquaral ou Bosque dos Jequitibás, por exemplo, haverá uma reabertura gradual, com detalhes a serem definidos nos próximos dias.

Autoescola

Também podem retornar aulas práticas de direção nas autoescolas.

 

Administração pública

O trabalho presencial e o atendimento público são limitados a 40% do setor, permanecendo priorizado o teletrabalho. Os servidores com mais de 60 anos e com comorbidades devem permanecer no home office.

Próximos passos

O Estado alertou que bares e restaurantes poderão funcionar até as 22h para consumo no local somente em regiões que estejam há pelo menos 14 dias consecutivos na fase amarela do Plano São Paulo.

Assim, segundo a Prefeitura, se a cidade permanecer na fase amarela por duas semanas, a expectativa é da ampliação do horário de restaurantes para o próximo dia 21. Desse modo, os proprietários poderão funcionar também no período noturno, escolhendo as seis horas dentro do período das 6h às 22h.

Conclusão

Meus amigos, é essencial mantermos as medidas de contenção do vírus para que a nossa cidade não regrida e para que possamos avançar novamente de fase. Só assim poderemos retornar à vida normal.

Portanto, ao visitar um desses estabelecimentos, não se esqueça de usar máscara, manter a distância de outras pessoas e usar álcool em gel sempre que possível. Lembrem-se que a tranquilidade só virá com a vacina, e para isso precisaremos aguardar mais um pouco. Mas, enquanto isso, podemos começar a voltar à normalidade desde que seja feito com consciência.

Assine a minha Newsletter para acompanhar meu trabalho e mais notícias sobre Campinas e região. Além disso, me siga nas redes sociais, Facebook e Instagram, para não perder nenhuma informação que eu trago semanalmente.

Até a próxima, meus queridos amigos e amigas!