Tudo que você precisa saber sobre imposto de renda

27/02, 20 | Campinas, Dicas Legais, Dicas para o Consumidor, Dicas para o Trabalhador | 0 Comentários

Olá, meus amigos!

Todos sabemos o que é o imposto de renda, e que precisamos todos fazer, anualmente, a declaração dos nossos bens e ganhos do ano.

Entretanto, muita gente ainda tem dúvidas de como fazer isso, principalmente os mais novinhos! Afinal, não é algo que somos ensinados nas escolas, não é mesmo?

Por isso, hoje eu separei alguns tópicos explicas para todos o que você precisa para fazer a declaração do imposto de renda direitinho e sem complicações. Vamos lá?

O que é?

O imposto de renda é um tributo federal sobre o que você ganha, e que acompanha o seu crescimento patrimonial. Para que ele faça isso, trabalhadores e empresas precisam informar para a Receita Federal quais são os seus ganhos anuais.

Ele serve para que o governo avalie se o que ele cobrou de você ao longo do ano, nos seus ganhos e gastos, é compatível com a quantidade que você ganha.

Para que todas essas informações fossam ser analisadas, você precisa fazer a “Declaração de Ajuste Anual” para IRPF (Imposto de Renda sobre Pessoas Físicas).

A declaração, que contabiliza todos os seus ganhos e gastos em serviços no último ano, é feita sempre do início de março até o fim de abril.

É importante que você não deixe para a última hora para entregar a sua declaração, pois, quanto menor o prazo, mais congestionamento no site da Receita Federal você vai encontra. Por conta disso, muitas pessoas perdem o prazo de declaração. Então tome cuidado, porque quem não declarar tem que pagar uma multa!

O que é necessário para fazer a declaração do imposto de renda?

Mesmo para quem já declara sua renda há muitos anos, é muito comum que surjam dúvidas. Mas não precisam se preocupar, amigos, porque você não está sozinho nessa! Vamos às principais questões:

Quem deve declarar?

Todas as pessoas cuja renda no ano anterior tenha sido igual, ou superior, ao valor de R$ 28.559,70.

Quais documentos são necessários?

Você precisa ter em mãos o CPF, Título de Eleitor, documento para comprovar a sua profissão, cartão bancário, comprovante de residência e a declaração do importo de renda do ano anterior, caso tenha feito.

Também é necessário o Informe de Rendimentos, documento que informa todos os rendimentos ganhos pelo contribuinte.

Para dar entrada na sua declaração, você também precisa informar os documentos de dependentes, como nome completo, CPF, data de nascimento e grau de parentesco.

Como funciona a restituição?

Quando você declara todos os seus gastos e ganhos, o governo pode te dizer se você já pagou tudo o que precisava. Se não tiver pago, você paga o valor que resta com um boleto bancário ou débito automático.

Mas, caso você tenha pagado a mais do que deveria, a Receita devolve o dinheiro, o que se chama de Restituição do Imposto de Renda.

Para que haja dedução do imposto, você precisa ter tido despesas com educação, saúde e pagamento de previdência.

Para que serve?

Declarando o imposto de renda, você tem um comprovante de renda, pode ter uma recuperação dos valores retidos e consegue maior agilidade em procedimentos de retirada de passaportes e vistos.

Além disso, os impostos são revertidos para a população, nas áreas de saúde, educação, cultura e em programas sociais. Também servem para investir em segurança pública, infraestrutura, desenvolvimento tecnológico… Enfim, os impostos de renda geram dinheiro para que melhorias sejam feitas no país, para o benefício de toda a população.

Conclusão

Aí está, meus amigos, um guia simples e prático para o imposto de renda. Não se esqueça de declarar o seu esse ano, e fique atento aos prazos!

Se lembre que, quanto mais perto do prazo final, mais corrido será para conseguir declarar o imposto de renda.

Para facilitar a sua vida, você pode contratar um contador, uma vez que esse profissional pode te ajudar a não cometer erros e te dar orientação passo a passo.

Até a próxima!